logo-ctsb

Como o aconselhamento e os testes genéticos podem prevenir o sofrimento de famílias?

Aconselhamento genético e testes genéticos são ferramentas disponíveis e de fundamental utilidade para a tomada de decisão consciente a respeito dos cuidados com a saúde e para prevenir sofrimentos podem ser evitados. Aqui estão alguns exemplos de como atuam de modo preventivo e como influenciam, também, na vida de gerações futuras.

Diagnóstico e tratamento precoce de doenças genéticas: o teste genético pode ser usado para diagnosticar doenças genéticas precocemente, antes que os sintomas apareçam. Isso pode levar a tratamento e intervenção precoces, o que pode melhorar a qualidade de vida de pessoas com doenças genéticas e até mesmo salvar vidas.

Prevenção de doenças genéticas: o teste genético pode ser usado para prevenir doenças genéticas que são transmitidas para as gerações futuras. Por exemplo, se um casal sabe que ambos são portadores de uma doença genética, pode optar por fazer a fertilização in vitro (FIV) e selecionar embriões que não tenham a mutação genética detectada.

Decisão reprodutiva: o aconselhamento genético pode ajudar as pessoas a tomar decisões informadas sobre suas escolhas reprodutivas. Por exemplo, o aconselhamento genético pode ajudar as pessoas a entender o risco de transmitir uma doença genética para seus filhos.

Apoio psicológico: o aconselhamento genético também pode fornecer apoio psicológico a pessoas que enfrentam um diagnóstico genético. Os conselheiros genéticos podem ajudar as pessoas a entender seu diagnóstico e a lidar com os desafios emocionais e práticos de viver com uma doença genética.

Você já tinha conhecimento disso?

A CTSB – Movimento de Prevenção de Doenças Genéticas Graves tem como objetivo a conscientização de todos os brasileiros, em particular jovens casais que pretendem constituir família, sobre a importância do aconselhamento genético para a prevenção de doenças genéticas graves. Ajude a compartilhar esta mensagem!